Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2008

Castelo nunca mais, 65 nele.

Maranheses,

Ajudem a esclarecer ao povo de São Luís acerca do Conservador Castelo. Ele se traveste de lobo na pele de cordeiro para enganar os incautos. A gestão da esposa dele entrou na história de São Luís como a mais pífia e incongruente no que diz respeito ao aspecto social e econômico da cidade, além do mais, foi uma gestão onde a transparência administrativa não fez parte do dicionário da então prefeita. Na verdade, Castelo governou a cidade.
Veja o que ele fez ontem (1986) e o que poderá fazer se caso for eleito. Vamos engrossar o esclarecimento da população de São Luís com a divulgação da campanha " O POVO TEM MEMÓRIA, CASTELO NUNCA MAIS!" através do vídeo no link no youtube, é só clicar: http://br.youtube.com/watch?v=tuPFsas8DFM

Em defesa da liberdade e do conhecimento na internet brasileira

Em defesa da liberdade e do conhecimento na internet brasileira
Projeto do senador tucano Eduardo Azeredo (PSDB-MG) quer bloquear as práticas criativas e atacar a Internet, enrijecendo todas as convenções do direito autoral. Proposta pode transformar milhares de internautas em criminosos de um dia para outro. Abaixo-assinado defende veto ao projeto de Azeredo. Veja como participar.
Redação - Carta Maior

BRASÍLIA - Um projeto do senador tucano Eduardo Azeredo (PSDB-MG) pode transformar milhares de internautas em criminosos de um dia para outro. Leia o texto assinado por André Lemos (Professor Associado da Faculdade de Comunicação da UFBA, Pesquisador 1 do CNPq), Sérgio Amadeu da Silveira (Professor do Mestrado da Faculdade Cásper Líbero, ativista do software livre) e João Carlos Rebello Caribé (Publicitário e Consultor de Negócios em Midias Sociais), que encabeçam o abaixo-assinado contra a a proposta do senador tucano. EM DEFESA DA LIBERDADE E DO PROGRESSO DO CONHECIMENTO NA INTERNET BRA…

Cuba e Fidel: a síntese dialética e seu fogo ideológico

Houve grande repercussão na mídia mundial na declaração de Fidel ao afastar-se definitivamente da presidência de Cuba. O líder cubano toma essa atitude em um momento histórico importante no contexto mundial. A mídia ideológica do capitalismo tenta passar aos incautos uma idéia de enfraquecimento da revolução.
Poucos se dão conta que desde 1962 a ilha está sob um forte bloqueio estadunidense. Esta atitude vilipendia a economia cubana e o bem estar de seu povo. Os cubanos não podem receber recursos de suas família que moram em Miami-EUA e as empresas cubanas não podem se associar a empresas que tenham de algum modo capital estadunidense, o que impede de terem acesso à tecnologia modernas que podem se implementadas e desenvolvidas na ilha.
Em sua reflexão publicada no dia 22/02/08, Fidel manifesta a necessidade de abrir fogo ideológico contra os Estados Unidos. Ao observar as eleições naquele país, verifica que todos os candidatos vaticinam a permanência do bloqueio, transparece a idéia de…

O cartão corporativo e o racismo da mídia golpista brasileira

Antes e durante o carnaval vimos a grande mídia golpista lançar graves denúncias contra o governo ao acusá-lo de gastos obscuros. Vela ressaltar que esta mesma mídia, contraditoriamente, se valeu do portal da transparência do governo federal.
Para termos uma noção da venalidade da mídia e do atual estágio da guerra, a primeira vítima dessa sanha foi à negra Matilde, a ministra da igualdade racial, logo ela. Um diretor de jornalismo de uma grande rede de televisão escreveu um livro chamado “não somos racistas”, incrível né! Essa mesma rede foi a que atacou de forma mais virulenta e sem deixar espaço para a defesa e apuração mais conseqüente dos fatos. A ministra Matilde Ribeiro não suportou a pressão e falta de apoio no interior do governo, pediu demissão.
Esse não foi o único caso. A tapioca de R$ 8, 30 do Orlando Silva também foi amplamente atacada como motivo de má versação do dinheiro público. Entretanto, o ministro dos esportes, o negro Orlando, foi mais ágil e não deixou abertura …

Uma entrevista com um sabotador econômico - Parte I

Temos visto a ação nefasta dos grandes orgãos de mídia, tanto escrita, televisiva e veiculada na rede, ao posicionar-se contrariamente ao direcionamento político que a América Latina tem tomado nos últimos tempos, o que faz tremer o sistema global de dominação. O império (que nesse momento passa por uma crise) e as grandes corporações estão em franca ação para parar esse movimento. Evidencia-se a natureza do imperio estadunidense e a relação incestuosa com as grandes corporações. Esta são duas faces da mesma moeda, como afirma John Perkins, um ex-sabotador econômico em uma entrevista concedida a jornalista Natália Viana. A entrevista será dividida em duas partes, a primeira introduz a entrevista e a segunda parte é a entrevista especificamente. A divulgação que faço dessa reportagem neste blog busca mostrar aos nossos leitores como a coisa acontece nos bastidores do poder global. O momento atual precisa muito dessa munição cognocitiva para consolidar uma estratégia de resistência contra…

Uma entrevista com um sabotador econômico - Parte II

Qual é a história dos sabotadores econômicos? Por que essa “carreira” foi criada?

Foi o trabalho dos sabotadores econômicos que criou o primeiro império verdadeiramente global – e sem ter que usar as forças militares. Ossabotadores econômicos nasceram em 1951, quando Kermit Roosevelt, neto de Theodore Roosevelt, foi enviado para o Irã para derrubar do poder o xá Mossadegh. O governo americano estava com medo de que, se mandasse osmilitares para o Irã, isso causaria uma guerra contra a Rússia, e a Rússiaera uma potência nuclear. Então, a CIA fez uma experiência, enviando Kermit Roosevelt, e ele foi muito bem-sucedido, conseguiu derrubar o presidente eleito democraticamente, que estava se opondo às companhias petrolíferas americanas. Foi substituído pelo xá Mohammad Reza, que era umgrande camarada das empresas de petróleo.
Como ele fez isso?

Ele contratou gente para organizar protestos e passeatas, boicotes,marchas pelas ruas, e assim fez o Mossadegh parecer impopular. Esse padrãose mostro…